top of page

Portal de Notícias

3 técnicas de estudo eficazes para estudantes de Medicina - Métodos comprovados para otimizar o aprendizado


Mão escrevendo em um caderno sobre um notebook com fones de ouvidos plugados

Conseguir estudar todo o conteúdo das matérias do curso de Medicina é um desafio até para os alunos mais organizados. Mas você sabia que existem técnicas de estudo eficazes que ajudam muitos estudantes de Medicina?


Entre muitos métodos, três se destacam e são alguns dos mais adotados pelos alunos da graduação: o Estudo Ativo, a Revisão Espaçada e o Estudo por Questões. Saiba mais sobre eles a partir de agora.


1) Estudo ativo


Também conhecido como aprendizado ativo e ‘Active Call’, o estudo ativo propõe o envolvimento intenso do aluno no processo. Como o nome indica, a ideia é participar com frequência de atividades como debates com colegas e professores, concluir testes e criar flashcards (cartões com perguntas e respostas).


Pesquisas de especialistas em educação indicam que a postura ativa diante da ampla gama de materiais do curso é mais proveitosa do que simplesmente ler e reler os conteúdos, passivamente.


2) Revisão espaçada


Essa técnica consiste na revisão de informações aprendidas anteriormente em intervalos regulares ao longo dos estudos. Assim, é possível evitar as longas – e, normalmente, pouco produtivas – sessões de estudo às vésperas de exames.


Com a revisão espaçada, a intenção é rever conteúdos antigos em meio às novas matérias, para manter todos os tópicos ‘frescos’ na memória, além de fortalecer a compreensão ao revisitar temas que trouxeram mais dificuldades aos estudantes.


A variedade de tópicos em cada sessão de estudos também ajuda a evitar a monotonia e aquele sentimento de que determinado assunto “nunca acaba”.


3) Estudo por questões


A técnica de estudo por questões é uma das que se mostra mais eficiente na apreensão de conteúdo. Ela consiste na resolução de perguntas feitas em exames anteriores, simulados ou exercícios resolvidos em aula com o auxílio do professor.


A premissa é tentar resolver as questões antes de começar a ler sobre o assunto, para se familiarizar sobre o conteúdo e ter uma noção de como anda seu conhecimento sobre determinada matéria. Por esse motivo, o método também é chamado de Estudo Reverso.


O processo de tentar responder às perguntas antes de consultar o material de estudo estimula a memória e a compreensão, constituindo um desafio para qualquer estudante.


Na sequência, o aluno pode planejar uma revisão, baseada nos resultados obtidos, focando nas questões que errou ou não conseguiu concluir. Esse material vai ser muito útil ao longo do tempo, podendo ser consultado recorrentemente, até as datas próximas aos exames.


Além de testar a memória e identificar pontos fracos, o Estudo por Questões também é importante para o estudante se familiarizar com a dinâmica das provas, se fortalecer mentalmente, aprender a ter foco e reduzir a ansiedade relacionada à proximidade da prova real.


O que achou dessas três técnicas de estudo eficazes para estudantes de Medicina? Já adota alguma delas? Com qual mais se identifica?


Você também pode conferir no nosso blog mais dicas para aperfeiçoar os estudos na faculdade de Medicina e aproveitar intensamente esses anos de formação para uma base sólida que permita mais segurança e conhecimentos para a prática profissional.

8 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page