Portal de Notícias

Câncer de próstata: o que é, causas, sintomas e tratamentos


Segundo o INCA, Instituto Nacional de Câncer, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Sua incidência é mais recorrente após os 65 anos, sendo essa a faixa etária de aproximadamente 75% dos casos totais no mundo.


Durante todos os anos, a campanha do Novembro Azul vem para alertar e conscientizar a população sobre os males dessa doença, por meio de debates e dados que instigam a busca por diagnósticos e exames de rotina. Pensando nisso, separamos aqui tudo que você precisa saber sobre o câncer de próstata para ajudar no combate a essa doença. Confira!


O que é o câncer de próstata?


Como o próprio nome diz, esta é uma patologia que afeta diretamente a próstata, uma glândula masculina localizada na parte de baixo do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Ela tem ligação direta com as vesículas seminais e com a uretra, sendo responsável por grande parte da produção de sêmen no organismo masculino.


Dessa forma, o câncer de próstata é o surgimento de tumores nesta região, podendo ter uma progressão lenta e sem sinais ou mesmo um crescimento rápido, que logo se espalha por outros órgãos e pode levar o paciente a óbito.


Quais são as principais causas e fatores de risco?


O câncer de próstata está diretamente ligado a mutações genéticas hereditárias, ou seja, alterações no DNA que fazem com que as células normais da próstata se desenvolvam de maneira anormal, formando assim o câncer.


Como o DNA está relacionado à hereditariedade, também pode mostrar a predisposição de um paciente para formação de cânceres, sendo necessária uma análise na árvore genealógica para o estudo dos melhores tratamentos e dicas para a prevenção.


Entretanto, alguns hábitos e fatores podem aumentar os riscos de desenvolvimento da doença, como por exemplo:


  • A idade, pois a incidência e a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos;

  • Excesso de gordura corporal;

  • Exposição a elementos químicos, como o arsênio, derivados do petróleo, fuligem e dioxinas;

  • Consumo de bebidas alcóolicas e cigarros.

Quais os sintomas?


O câncer de próstata tem uma evolução inicial silenciosa, podendo muitas vezes ser assintomático e passar despercebido por anos. Quando há presença de sintomas, costumar ser semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, causando dificuldades para urinar e alta incidência da vontade de evacuar.


Quando atinge estágios mais avançados, manifesta-se por:


  • Insuficiência renal;

  • Demora para começar e terminar de urinar;

  • Diminuição do jato de urina;

  • Dores ósseas;

  • Sangue na urina;

  • Infecção urinária ou generalizada

Como descobrir o câncer de próstata?


Para constatar a doença, dois exames iniciais devem ser feitos:


  • Exame de toque, no qual o médico avalia a espessura, forma e tamanho da próstata;

  • Exame de PSA, que mede a quantidade de proteína produzida pela próstata.


Após o diagnóstico, caso seja encontrada alguma alteração, é necessário fazer uma biópsia para confirmar o problema. Nesse exame, algumas partes pequenas da próstata são retiradas para análise laboratorial.


Como é o tratamento?


O tratamento do câncer de próstata varia para cada paciente, dependendo do grau de gravidade e progressão da doença. Na maioria dos casos, a cirurgia é o mais indicado, aliada à radioterapia e ao tratamento hormonal.


Entretanto, a escolha é individualizada e definida após a consideração de todos os benefícios e riscos para a saúde do paciente.


A importância do Novembro Azul no combate ao câncer de próstata


Assim como o Outubro Rosa, o Novembro Azul vem para conscientizar a todos sobre os riscos do câncer de próstata. Seu principal objetivo é estimular o diagnóstico precoce da doença, algo extremamente necessário para a detecção rápida e tratamento mais eficaz do problema, configurando assim mais chances de cura para o paciente.


Por isso, é muito importante manter uma rotina de exames e fazer visitas regulares ao médico, principalmente após os 50 anos de idade. Além disso, uma vida mais saudável, com dietas ricas em frutas, verduras, legumes, grãos e menos gorduras é extremamente benéfica para a prevenção. Outros pontos que podem ajudar são:


  • Prática de exercícios físicos;

  • Atenção ao peso corporal;

  • Evitar o tabagismo.


Agora que você já sabe mais sobre o câncer de próstata, não deixe de agendar seus exames e fazer um check-up. Sua saúde é um assunto sério e deve ser tratada com muita atenção.

Aproveite para ler outros textos em nosso blog e nos siga nas redes sociais.


17 visualizações

Posts recentes

Ver tudo