top of page

Portal de Notícias

Mitos e verdades sobre o curso de Medicina


A Medicina é uma das carreiras mais desejadas e prestigiadas. Apesar disso, ainda existem algumas dúvidas por parte dos estudantes que estão decidindo qual graduação querem seguir. Por isso, vamos abordar mitos e verdades sobre o curso de Medicina.


Confira a partir de agora!


Medicina é um curso só para quem é rico


Atualmente, existem cursinhos voltados a pessoas de baixa renda, além de oferta ampla de materiais para estudos gratuitos na internet. As faculdades mantêm programas de auxílio, bolsas e parcerias. A Humanitas, por exemplo, oferece bolsas integrais ou parciais pelo Prouni (Programa Universidade para Todos). Para se candidatar a uma vaga, os interessados devem estar enquadrados nas regras do programa e ter realizado as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A Humanitas também participa do Fies (Programa de Financiamento Estudantil). Para se inscrever, também é exigida a participação nas provas do Enem. A seleção dos estudantes pelo Fies é realizada exclusivamente pelo MEC.


O vestibular é a parte mais difícil (MITO)


Todos sabem que o processo seletivo para o curso de Medicina é muito concorrido, mas o estudante precisa ter em mente que quando ingressar na faculdade a carga de estudos será mais desafiadora logo nos primeiros meses de faculdade, e continuará robusta até o final da graduação.


Um médico nunca para de estudar (VERDADE)


A Medicina é uma área que se transforma rapidamente, com surgimento de novas técnicas, equipamentos modernos e desenvolvimento de medicamentos. Por isso, os cursos de atualização e participações em congressos e eventos são fundamentais para manter o profissional por dentro das novidades da área.


Durante a faculdade, você só terá tempo para estudos e deve esquecer sua vida social (MITO)


A graduação de Medicina é uma das que tem a rotina mais pesada de estudos, isso é fato. Porém, com um bom planejamento e organização, é possível – e até desejável – ter momentos de lazer, prática de esportes e outros hobbies, além de compartilhar bons momentos com quem você gosta.


A concorrência para ingressar em uma boa residência é alta (VERDADE)


Hospitais mais conceituados, naturalmente, são mais procurados, então é preciso se preparar com antecedência e ter um bom planejamento. O processo seletivo costuma ter três etapas: uma delas é a teórica, com a prova escrita, que reúne assuntos como Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia, Ginecologia e Medicina Preventiva. Na segunda fase, os candidatos que obtiveram as melhores notas são chamados para a prova prática, em que precisam mostrar seus conhecimentos sobre procedimentos em casos clínicos. A última etapa é a análise curricular, que inclui entrevista.


Demora um pouco para ter retorno financeiro como médico (VERDADE)


A graduação de Medicina leva pelo menos seis anos. Além disso, nos casos de especialização, são mais três de residência. Com isso, em muitos casos, o médico só começa a ter rendimentos por volta dos 30 anos de idade. Por outro lado, a partir do momento que se estabelece na profissão, passa a ter um bom salário.


A maioria dos médicos trabalha em só um lugar (MITO)


Segundo pesquisa do Conselho Federal de Medicina, somente 22% dos médicos possuem apenas um emprego. A maioria dos profissionais brasileiros atua em dois ou três locais. Os médicos costumam trabalhar entre 40 e 60 horas semanais, dependendo da rotina escolhida, como atendimento em clínica e plantões em hospitais.


Medicina é uma profissão recompensadora (VERDADE)


É praticamente unânime ao conversar com médicos perceber a satisfação em poder atuar na área, promovendo o bem-estar, saúde e melhoria na qualidade de vida das pessoas. O feedback recebido no dia a dia dos pacientes é algo que motiva permanentemente os médicos.

50 visualizações

Comments


bottom of page