Portal de Notícias

Qual a diferença entre urgência e emergência?


Você sabe qual a diferença entre urgência e emergência na área de saúde? Essas palavras parecidas têm significados bem diferentes na avaliação médica, que indicará o encaminhamento dos pacientes ao chegarem a um hospital ou pronto-socorro.


Em comum, elas indicam a necessidade de uma ação médica imediata. Mas a partir daí, podemos destacar as distinções entre elas.


O que é emergência


Termo usado em situações nas quais há risco de morte iminente ou lesão permanente, que devem ser tratadas imediatamente após sua constatação. Nesses casos, não há tempo a perder e os profissionais devem utilizar todos os recursos disponíveis rapidamente para evitar o agravamento da situação e o sofrimento intenso causado por ela.


Algumas ocorrências que costumam ser classificadas como emergência são:


  • Hemorragia grave;

  • Cortes profundos;

  • Afogamento;

  • Parada cardiorrespiratória;

  • Acidente vascular cerebral;

  • Picada de animal peçonhento;

  • Desmaio;

  • Intoxicação;

  • Reação alérgica grave;

  • Febre alta persistente;

  • Agressões físicas;

  • Acidentes de trânsito;

  • Queimaduras graves;

  • Entre outros.

O que é urgência


Nomenclatura para indicar situações clínicas sem risco de morte iminente, mas que têm ameaça de evoluir rapidamente para um quadro de complicações mais graves, que podem levar à morte. É menos imediatista que a emergência, mas também precisa de cuidados rápidos, inclusive com alguns casos que exigem intervenção cirúrgica.


Algumas situações comuns são:


  • Torções;

  • Luxações;

  • Fraturas;

  • Pressão alta;

  • Episódios de vômito recorrentes;

  • Crise de asma;

  • Dor abdominal moderada;

  • Dengue;

  • Feridas sem muito sangramento;

  • Transtornos psiquiátricos;

  • Retenção urinária em idosos;

  • Diminuição súbita de audição ou visão;

  • Entre outros.


O que fazer em casos de urgência e emergência


Quando houver necessidade de atendimento de urgência e emergência, a orientação é entrar em contato com o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), pelo telefone 192, se tiver em sua cidade, ou ligar para o serviço de referência. A ida diretamente a um pronto-socorro pode ser necessária.


Na ambulância e no hospital, profissionais capacitados, com os equipamentos e infraestrutura ideais, podem avaliar a situação e seguir com o tratamento adequado para cada caso.


Em um primeiro momento, pode haver necessidade de colocar em prática mecanismos de suporte básico à vida — ações não invasivas para evitar o agravamento dos sintomas – ou de suporte avançado à vida — mais invasivas, com o intuito de manter os batimentos cardíacos ou a respiração.


Pós-graduação em urgências e emergências médicas da Humanitas


A Humanitas tem a pós-graduação ideal para médicos graduados que queiram se aprofundar no assunto. O curso visa capacitar e preparar o profissional de Medicina para atuar nos mais diversos casos de urgência e emergência em hospitais.


Com duração de 10 meses e carga de 378 horas, tem aulas quinzenais, aos sábados (8h às 21h) e domingos (8h às 18h).


Conta com corpo docente especializado e atuante, mais de 50% de aulas práticas e debate temas abrangentes e relevantes para a área. Alguns deles são:


  • Identificação e Abordagem do Paciente Grave;

  • Exames Complementares;

  • Drogas na Emergência;

  • Manobras Críticas na Emergência;

  • Intoxicações Exógenas;

  • Queimados;

  • Acidentes com Animais Peçonhentos.


Além disso, aborda emergências clínicas, cardiológicas, neurológicas, cirúrgicas, vasculares, urológicas, traumáticas, ortopédicas, pediátricas, ginecológicas, obstétricas, oftalmológicas, psiquiátricas, otorrino, infecto contagiosas e em UTI.


Com coordenação geral do Prof. Dr. Claudio Cesar Monteiro dos Santos, a pós-graduação tem coordenação técnica dos Profs. Drs. Pedro Duccini Trindade, Matheus Vane e Dário Birolini. A próxima turma está prevista para 2023.


Se quiser mais informações, basta acessar este link. Aproveite para conferir também outras opções de pós-graduação da Humanitas, como psiquiatria, gestão de serviços de saúde e fisioterapia em UTI.

16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo