top of page

Portal de Notícias

Como é a parte prática da graduação de Medicina?


Mãos com luvas médicas azuis segurando um mini chapéu de formatura

O aprendizado é um processo complexo e amplo, cheio de diferentes etapas e fases importantes para a assimilação do conteúdo e, posteriormente, sua aplicação. Na graduação de Medicina, isso não poderia ser diferente.


Vem saber mais sobre isso!


Programa Integrador

O Programa Integrador compõe a estrutura curricular do curso de Medicina da Humanitas, com início já no 2º período da graduação, e término no 6º período, com o objetivo de auxiliar o aluno na compreensão do processo teórico-prático da vida acadêmica para um melhor desempenho profissional no futuro.


Logo no início do curso, os alunos são inseridos nas atividades de extensão nas UBS da região, com o objetivo de promover o contato direto dos estudantes com a comunidade. Esse vínculo permite que diversas atividades sejam desenvolvidas a partir das necessidades apresentadas por cada indivíduo ou grupos atendidos, estabelecendo a integração junto à comunidade, que, de acordo com Gadotti (2000), é de extrema importância para a inserção do futuro médico nos contextos social, político, ético e ideológico.


Os eixos estruturantes da unidade do Programa Integrador desenvolvidos nas UBS’s são:

  • Saúde individual;

  • Saúde coletiva;

  • Educação em saúde e meio ambiente;

  • Processo de trabalho em saúde.


Nesta etapa, os alunos são orientados a desenvolver atividades de educação em saúde junto aos usuários das unidades básicas, levando conhecimento e esclarecimento à população em temas específicos sobre promoção da saúde e prevenção das doenças. Dessa forma, são desenvolvidas palestras, teatros, encontros e diversas outras manifestações culturais e informacionais de interação.


Durante a pandemia de Covid-19, por exemplo, nossos estudantes participaram ativamente de campanhas de vacinação, telemonitoramento em saúde e do desenvolvimento de novas estratégias de prevenção de doenças e promoção do bem-estar durante esta etapa do curso.


Cenário Prático

Já no 4º período do curso, os alunos são inseridos no Cenário Prático, que permite o acompanhamento durante os atendimentos nos principais hospitais da região. Nesta etapa, o estudante atua como observador, assistindo aos médicos em atendimento e auxiliando em tarefas do dia a dia hospitalar.


O objetivo dessa fase é preparar o aluno para o internato, oferecendo uma experiência prévia de como é o cotidiano nos hospitais e atendimentos de emergência, além de habilitá-lo para o contato direto com os pacientes e internados.


Internato

No 9º período do curso, acontece a cerimônia de passagem para o Internato. Neste dia, os alunos recebem seus carimbos para começar os atendimentos assistidos nos hospitais. Aqui, eles deixam de ser meros assistentes e passam a colocar em prática tudo que aprenderam ao longo do curso.


Os alunos são divididos em grupos menores para realizar um estágio obrigatório de treinamento em serviço, que conta com a supervisão de professores e profissionais experientes, mas que oferece mais independência para o estudante começar a ter a experiência real de plantões e emergências.


Nesse período, o estudante deve passar necessariamente pelas áreas de: Clínica Médica, Cirurgia, Ginecologia-Obstetrícia, Pediatria e Saúde Coletiva.


Além disso, o aluno deve cumprir estágio prático nos três níveis de atenção à saúde, postulados pela OMS. São eles:

  • Nível primário (básico) – focado na prevenção, como em UBS’s;

  • Nível secundário – focado no diagnóstico/tratamento;

  • Nível terciário – um atendimento altamente especializado.


Na Humanitas, essa etapa acontece nas UBS’s e principais hospitais de São José dos Campos e Jacareí.


Agora que você já conhece um pouco mais da parte prática do nosso curso, que tal se aprofundar ainda mais no dia a dia do internato e conferir mais sobre o nosso vestibular? Aproveite e acompanhe a Humanitas também em nossas redes sociais.

23 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page