top of page

Portal de Notícias

Dermatologia: saiba mais sobre essa especialização


A Dermatologia é uma especialização atraente para os médicos que buscam uma boa remuneração e uma rotina de trabalho mais tranquila. Agora você vai saber mais sobre os profissionais que diagnosticam, previnem e tratam de doenças relacionadas à pele, unhas e cabelo, como é sua rotina e mercado de trabalho no país.


De acordo com dados da Demografia Médica no Brasil 2023, a Dermatologia é a 12ª especialização mais procurada e conta atualmente com a atuação de 11.431 profissionais.


Ela é a especialidade com o maior número de mulheres, com cerca de 8.236 médicas, que correspondem a 77,9% dos dermatologistas.


Residência em Dermatologia


A residência em Dermatologia tem acesso direto, possui três anos de duração e garante ao médico o título de especialista, após o registro no Conselho Federal de Medicina (CFM).


Nesta etapa, os médicos atendem pacientes e aprendem sobre todo tipo de doença de pele. Familiarizam-se com os tratamentos clínicos, cosmiátricos, laser, oncológicos e cirúrgicos que envolvam a pele e seus anexos.


Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, são quase 9.000 horas de estudo, apenas na residência, para tornar o médico apto a tratar e diagnosticar as diversas doenças e problemas da pele e de suas extensões. Algumas das áreas nas quais se concentrarão os estudos são endocrinologia, infectologia, reumatologia e hematologia.


Durante o período, o residente terá experiências práticas em ambulatórios, conhecerá a rotina de hospitais, fará diagnósticos e realizará procedimentos, normalmente não cirúrgicos, mas em alguns casos também pode fazer pequenas cirurgias, sob supervisão.


As atividades do primeiro ano da residência devem deixar o estudante apto a desenvolver anamneses, exames físicos e a relação com pacientes. No final do segundo ano, ele terá habilidades para acompanhar pacientes internados, realizar pequenos procedimentos, exames micológicos e dermatoscopia, preparar e apresentar casos clínicos em reuniões e escrever relato de casos e artigos de revisão de temas.


No final do período, o residente deve estar apto a atender pacientes nas diversas subespecialidades da Dermatologia; internar e acompanhar pacientes com doenças dermatológicas e outras comorbidades; utilizar a dermatoscopia como método auxiliar no diagnóstico de lesões; realizar cirurgias de maior complexidade; realizar procedimentos cosmiátricos e escrever ensaios clínicos.


Subespecialidades de Dermatologia


O médico da área pode aprofundar seus estudos em algumas áreas, como a dermatologia cirúrgica, cosmiátrica (estética), clínica, estomatologia (doenças da cavidade bucal), oncológica, dermatopediatria, onicologia (doenças relacionadas às unhas) e tricologia (doenças capilares).


Algumas das principais causas que levam pacientes aos consultórios dermatológicos são ocorrências de acne, transtornos de pigmentação, alergias, vitiligo, psoríase, micoses, doenças venéreas e manchas causadas pelo sol, conhecidas como ceratose actínica. O profissional também pode ter pacientes com diagnósticos mais graves, como hanseníase e câncer de pele.


O atendimento costuma ser ambulatorial, mas o profissional também é capacitado para realizar procedimentos como biópsias, cauterizações, esfoliações, exéreses (remoção de lesões), crioterapias (tratamentos pelo frio) e alguns procedimentos estéticos.


A cosmiatria é uma das áreas que mais cresce. Com a finalidade de manutenção da beleza e melhora da aparência da pele e seus anexos, o profissional executa procedimentos como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos, laser para rejuvenescimento, peelings, tratamentos para cicatrizes de acne, depilação a laser e remoção de tatuagens.


Mercado de trabalho para dermatologistas


Após concluir a especialização e obter seu certificado, o dermatologista pode abrir seu próprio consultório para atendimento ou trabalhar em clínicas e hospitais. Outro caminho é ficar de olho em concursos para atuar em postos de saúde e hospitais públicos, ou seguir a carreira militar.


Saiba mais sobre residência médica no nosso blog:

26 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page