Portal de Notícias

O que é o método de ensino TBL?


Você sabe o que é o método de ensino TBL? A sigla tem origem no inglês Team Based Learning, a Aprendizagem Baseada em Equipes, uma metodologia baseada na aprendizagem ativa, que começou a ser desenvolvida na década de 1970 por Larry Michaelsen, nos Estados Unidos.


Um dos trunfos do TBL é que ele possibilita uma ampla preparação para o mercado de trabalho, já que, desde o início, os alunos são divididos em equipes e passam a ter experiências ligadas à convivência e respeito à opinião dos colegas, com decisões compartilhadas e fortalecimento do trabalho em grupo, inteligência emocional e conceitos de liderança.


As três fases do método TBL


Preparação

Os alunos devem fazer um estudo prévio do material de aprendizagem antes das atividades com o grupo.


Textos, roteiros de estudo, resumos de programas de aula e estudos de casos clínicos são algumas maneiras de se familiarizar com temas.


Compromisso compartilhado

Chegou o momento de se encontrar com os outros estudantes e formar equipes de trabalho. Na primeira fase, a intenção é estimular o aprendizado a partir de um teste que traz questões ligadas ao raciocínio e à tomada de decisão, para serem respondidas individualmente.


Depois, os alunos precisam debater e chegar a uma resposta para apresentar ao professor, que ira analisar o que foi considerado pelos estudantes e informar acertos e erros.


Na sequência, o professor abre espaço para dúvidas e estimula o debate entre os grupos, para depois dar seu feedback final.


Aplicação dos conceitos

Na parte final, o professor apresenta problemas ou cenários presentes na prática profissional para que o grupo discuta e se prepare para defender suas escolhas.


Aqui, os estudantes desenvolvem a capacidade de interpretar, analisar e resumir conteúdos. Normalmente, são feitas questões de múltipla escolha, verdadeiro ou falso ou questões abertas curtas.


Essa é a fase mais longa, que pode ser refeita se o professor julgar que os grupos não conseguiram atingir os objetivos traçados.


A avaliação do TBL é feita considerando os desempenhos individuais e do grupo, além da avaliação entre os próprios alunos, importante para um painel mais completo da rotina de cada grupo.


Diferenciais do método TBL

Nos encontros, não há as aulas expositivas tradicionais de escolas e faculdades. Em todas as fases, há acompanhamento de professores, que se certificam se toda a turma está conseguindo assimilar os conteúdos, além de estimularem o senso crítico e a reflexão.


Com o estudo prévio, é esperado que os alunos não deixem as matérias acumularem e se acostumem a lidar com o conteúdo de maneira natural, em uma rotina mais leve, além de desenvolver responsabilidade e disciplina.


As faculdades que adotam o TBL apostam em uma aprendizagem mais dinâmica, com muita troca de conhecimento entre os alunos – e deles com os instrutores –, uma preparação sólida para o mercado de trabalho e a criação de um ambiente educacional cooperativo e motivador, estimulando a empatia, organização e aprimoramento contínuo.


Desafios do TBL

O método exige mais tempo e dedicação do corpo docente no preparo e acompanhamento das atividades. A grande quantidade de atividades feitas em casa, antes dos encontros, também costuma gerar certo estranhamento em muitos estudantes, o que aumenta a necessidade de comprometimento de todos.


Como vantagens, o método traz maior retenção dos conhecimentos, mais participação das aulas, além da criação de um ambiente interativo e mais dinâmico.


O que achou do método TBL? Confira outros conteúdos sobre Medicina, educação e saúde em nosso blog! Aproveite também para nos seguir nas redes sociais.

16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo