top of page

Portal de Notícias

Clínica Médica: descubra se essa é a residência ideal para você


Médico escrevendo um receituário

Está pensando em qual residência médica é a ideal para você? Então é importante saber tudo sobre Clínica Médica, a residência mais procurada do país!


Segundo a Demografia Médica no Brasil 2023, divulgada pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (CREMESP) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), o Brasil conta com 56.979 clínicos gerais, o que equivale a 11,5% do total de médicos, bem à frente de Pediatria (48.654) e Cirurgia Geral (41.547), as outras residências mais populares do país.


Características da residência em Clínica Médica


O acesso à residência é direto e o curso dura dois anos, com 60 horas semanais. Apesar de oferecer um bom número de vagas, é muito concorrida, com nota de corte alta na seleção.

Ela também é uma fase obrigatória para quem se interessa por especialidades como pneumologia, cardiologia, endocrinologia, reumatologia, gastroenterologia e geriatria, entre outras.


O clínico geral é considerado um médico generalista, que tem conhecimento sobre todas as partes do corpo humano, podendo fazer diagnósticos e tratamentos de doenças diversas. Para muita gente, ele é o primeiro médico procurado quando o paciente começa a sentir algum sintoma.


Com sua experiência, ele pode analisar cada caso e, quando necessário, indicar outro profissional para um atendimento mais especializado. Um paciente com dor nas costas, por exemplo, pode consultar um clínico geral que avaliará que um analgésico ou anti-inflamatório serão suficientes para resolver o incômodo. Por outro lado, se perceber que é algo mais grave, como um desvio na coluna, dará as primeiras orientações e indicará um ortopedista.


A prova para a residência de Clínica Médica


O formato e o conteúdo das provas variam de acordo com cada instituição, mas a seleção costuma englobar três fases. Na primeira, o foco é teórico, com perguntas sobre conhecimentos de matérias como Clínica Médica, Pediatria, Medicina Preventiva, Ginecologia e Obstetrícia.


Na fase prática, podem ser apresentados estudos de casos e simulações de atendimentos em estações e procedimentos com bonecos ou atores. A fase final é a entrevista, na qual a banca vai querer saber mais sobre suas experiências e expectativas sobre a área escolhida. 


Habilidades necessárias para um clínico geral


O profissional que optar pela especialidade tem que ser curioso, atento e por dentro de tudo o que acontece na Medicina. Pensamento crítico, reflexão e tomada de decisão bem embasada são características fundamentais.


O clínico precisa gostar do contato com o paciente e ter sensibilidade para captar todos os sinais e sintomas para fazer um diagnóstico preciso, já que está acostumado a lidar com grande quantidade de doenças.


Outro ponto crucial é saber o momento de trabalhar junto com outros profissionais especialistas, entendendo eventuais limitações de tratamento em alguns casos.


O mercado de trabalho é bastante abrangente: o especialista em Clínica Médica pode trabalhar em ambulatórios e hospitais, fazendo consultas ou atendendo em plantões e emergências, além de montar o seu próprio consultório.


O que achou da especialidade em Clínica Médica? Será que ela é a ideal para você? Antes de decidir, confira no nosso blog informações sobre outras carreiras, como pediatria, oftalmologia e dermatologia.

13 visualizações

Comentarios


bottom of page