Portal de Notícias

Networking: como construir relações importantes na área da saúde?


O networking é uma ferramenta de grande valia em todos os setores profissionais e, na área da saúde, pode trazer muitas oportunidades de parceria e conhecimento. Manter uma rica rede de conexão profissional pode te ajudar a conquistar um emprego desejado, por exemplo, ou ser indicado a pacientes de colegas.


Normalmente, faz sentido se aproximar de pessoas com quem você se identifica e que poderiam te ajudar a crescer na carreira. A reciprocidade também é fundamental, com você contribuindo e agregando valor ao outro profissional. E isso começa desde os primeiros anos de estudo, seja em cursos de Medicina, Enfermagem, Gestão Hospitalar, entre outros. Afinal, um colega de classe pode ser um sócio na abertura de um novo negócio.


O período de estágio também é um momento importantíssimo para investir em networking, pois, em um curto espaço de tempo, você conhece uma série de profissionais com perfis e trajetórias variados.


Uma estratégia que pode ser adotada, aproveitando os contatos, é se estabelecer em uma clínica que reúne especialistas de áreas complementares.


Como criar networking?


O networking na área de saúde também engloba a troca de experiências com profissionais que você respeita e admira. Os congressos de saúde, por exemplo, são excelentes oportunidades para conhecer pessoas e fortalecer suas conexões. Assim, você abre o leque para se informar sobre as tendências do mercado.


No início da carreira, esses contatos podem ajudar bastante um médico a começar a atender mais pacientes. Em um mercado tão concorrido, é importante encontrar maneiras de se destacar e é natural que os pacientes prefiram consultar profissionais que foram indicados por outros colegas da área da saúde. A “propaganda” boca a boca é poderosa também no setor de saúde.


Conhecendo uma gama grande de pessoas da área, você pode ficar sabendo de vagas que não são anunciadas ao público em geral e tem a possibilidade de ser indicado para elas em instituições de relevância.


Tecnologia como aliada


Atualmente, as mídias sociais são uma excelente plataforma para ampliar o networking. Grupos e perfis de profissionais com quem você se identifica podem potencializar suas conexões e trazer vínculos de amizade e parceria.


A interação entre profissionais de áreas diferentes também é muito saudável e enriquecedora. Um ortopedista e um fisioterapeuta podem, por exemplo, fazer uma dobradinha excelente para seus pacientes, oferecendo um trabalho complementar estratégico. Os clínicos gerais também podem indicar pacientes para vários outros especialistas.


A capacidade técnica, conhecimento e empatia com os pacientes são características fundamentais dos bons profissionais de saúde. Mas um networking bem feito pode fazer toda a diferença para a construção de uma carreira bem-sucedida. Seja proativo, realize trabalhos voluntários, participe de eventos da sua área e esteja sempre aberto a solicitações de seus colegas.


E você, já está construindo seu networking desde a faculdade? Invista nele desde já para colher bons frutos no futuro!


Gostou das dicas da Humanitas? Confira mais conteúdo sobre a área de saúde no nosso blog:


1 visualização

Posts recentes

Ver tudo